Clube acusa comentador da Benfica TV de "desejar a morte" a Pinto da Costa

Clube acusa comentador da Benfica TV de "desejar a morte" a Pinto da Costa

O FC Porto acusou um comentador da Benfica TV de "desejar a morte" ao presidente dos "dragões", Pinto da Costa.

Em comunicado hoje divulgado, o FC Porto afirma aguardar, pelo sucedido, "um pedido de desculpas formal" do Benfica e questiona a Entidade Reguladora para a Comunicação Social, o Ministério Público e o Governo se "é para o incitamento ao ódio que se atribuem licenças de televisão?".

"O Benfica desceu ao nível mais baixo de sempre, através da Benfica TV, ao colocar um comentador do programa Debate, chamado Sérgio L. Bordalo, a desejar a morte do presidente do FC Porto", acusa o comunicado.

Relembrando que Pinto da Costa dedicou o último título a José Maria Pedroto e Pôncio Monteiro, o FC Porto considera que o comentador revelou "um inaceitável e indesculpável mau gosto, ao não ter respeito pelos mortos e ao desejar a morte a outro ser humano".

"Eu desejo muito sinceramente que o presidente do FC Porto festeje o próximo título junto daqueles a quem dedicou este", é a frase do comentador que desencadeou o comunicado portista.

Contactado pela Agência Lusa, João Gabriel, director de comunicação do Benfica, esclareceu que o clube não ia reagir a este comunicado, nem a qualquer outro do FC Porto.

"Não comentamos nem este nem nenhum comunicado do FC Porto, é-nos indiferente e não vamos alimentar polémicas", sublinhou.