Jesus quer seguir em frente na Taça, sem desvalorizar Portimonense

Jesus quer seguir em frente na Taça, sem desvalorizar Portimonense

O treinador do Benfica mostrou-se hoje confiante numa boa estreia na Taça de Portugal de futebol, frente ao Portimonense, e garantiu que ninguém vai desvalorizar o adversário, pois esta é uma prova que costuma produzir "surpresas".

Jorge Jesus, que falava na antevisão da terceira eliminatória da Taça de Portugal, lamentou o facto de ainda não ter alcançado a final da competição ao serviço dos "encarnados", mas reafirmou a ambição de o conseguir este ano.

"As perspectivas são as melhores, pois esta é uma competição que queremos ganhar. É o meu terceiro ano no Benfica e nos dois anos anteriores não cheguei sequer à final da Taça de Portugal. Damos muita importância a esta prova", disse.

O técnico mostrou-se consciente das dificuldades que o Benfica irá encontrar em Portimão, sabendo "que nos jogos da Taça há surpresas", e desvalorizou o facto de os algarvios se encontrarem no último lugar da Liga de Honra.

"Estamos preparados para encontrar dificuldades, mas confiantes para passar a eliminatória. Nesta fase inicial, a classificação da segunda Liga não traduz o valor das equipas, que é muito igual. O Portimonense desceu de divisão, mas acredita que pode voltar à primeira Liga. Não é por estarem mal classificados que os vamos desvalorizar", advertiu.

Sobre o "onze" que vai entrar em campo, Jorge Jesus admitiu algumas poupanças, tendo em conta que Maxi Pereira e Cardozo chegaram durante a madrugada e Gaitán apenas chega a Lisboa durante a tarde.

Ainda relativamente às mudanças na equipa, o treinador garantiu a titularidade de Eduardo, considerando que o guarda-redes é dos melhores portugueses na posição, mas que chegou ao Benfica em desvantagem.

"O Eduardo tinha ambição de jogar no Benfica, porque tem valor para isso e também tem valor para jogar na seleção. Para mim, é um dos melhores guarda-redes portugueses, senão o melhor, mas chegou em desvantagem. O Artur tem estado bem e ele tem de esperar pela hora dele, que será amanhã [sexta-feira]", adiantou.