Actualizado: Mon, 19 Mar 2012 15:43:56 GMT | de pa.press.net

Ginástica - Trampolim

A competição de trampolim caracteriza-se por coreografias originais repletas de drama e mestria acrobática.


A checa Zita Frydrichova exibe a sua técnica no trampolim. (© Press Association)

A checa Zita Frydrichova exibe a sua técnica no trampolim.

Ginástica - Trampolim

A competição de trampolim caracteriza-se por coreografias originais repletas de drama e mestria acrobática.

Os avanços registados ao longo dos anos em termos do design do equipamento e dos materiais usados nos trampolins fazem com que os atletas sejam capazes de saltar 10 metros no ar.

Isso fez com que os atletas tentassem realizar exercícios mais arriscados e difíceis, como quádruplos saltos mortais e três piruetas e meia no ar.

O desporto só se tornou numa modalidade olímpica nos Jogos de Sydney 2000. Desde então realiza-se apenas um evento individual para homens e mulheres.

Os ginastas têm de possuir muita força, técnica e flexibilidade de modo a realizarem uma série de movimentos dinâmicos contínuos durante um exercício.

Na ronda de qualificação de uma competição olímpica, os ginastas têm de realizar dois exercícios - um com elementos obrigatórios e outro opcional - para tentarem garantir um lugar nos oito melhores e avançarem para a final.

Um painel de nove juízes avalia um atleta com base no seu desempenho e na dificuldade do exercício, que tem de incluir 10 técnicas diferentes ou saltos.

Caso tenha sucesso na ronda de qualificação, o atleta tem a possibilidade de apresentar mais um exercício opcional, no qual podem definir a própria coreografia e o grau de dificuldade.

Apesar de ser um desporto relativamente recente nos Jogos Olímpicos, a arte de deslumbrar pessoas realizando saltos arrojados num trampolim remonta ao século XIX onde existia sob a forma de espetáculo circense.

Muito embora os primeiros trampolins modernos tenham sido concebidos nos anos 30, na Universidade de Iowa nos Estados Unidos, só em 1964 é que se realizou o primeiro Campeonato do Mundo de Trampolim, no Royal Albert Hall em Londres.

Nas primeiras edições, os americanos registaram um enorme sucesso. Contudo, a China tem mostrado ser uma potência emergente no trampolim, com Lu Chunlong e He Wenna a arrecadarem a medalha de ouro na competição masculina e feminina, respetivamente, nos Jogos de Pequim 2008.

(Continued)
0Comentários

Últimas notícias

asdasd
News module

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Quisque lacinia pretium ligula non aliquam. Nullam lorem elit, placerat vel bibendum a, porttitor quis quam.